O Papa é Pop: a abordagem mítica de francisco na mídia via jornalismo literário: uma análise com base na estrela de sete pontas da reportagem “a revolução delicada do papa francisco”, publicada pela Revista Rolling stone EUA

Cláudia Nandi Formentin, Marília Koenig

Resumo


O presente trabalho pretende abordar, por meio dos estudos do jornalismo literário e do mito, o fenômeno midiático ocorrido a partir da posse do cardeal argentino Jorge Mario Bergoglio (com 76 anos na época) ao maior cargo da Igreja Católica em 13 de março de 2013. Ele é o primeiro latino americano e o primeiro jesuíta a assumir o cargo. Seu antecessor, papa Bento XVI, renunciou alegando não ter condições de liderar a igreja em meio a várias crises enfrentadas em seu papado. É nesse contexto que se apresentam as questões problemas do artigo aqui apresentado: o texto aqui analisado constitui uma narrativa mítica? Das sete características inerentes às abordagens do Jornalismo Literário (Pena, 2013), quais se fazem presentes na reportagem ora analisada? Em torno dos objetivos propostos, pode-se afirmar, com base em Barthes, que essa matéria dá conta da finalidade indireta/secundária das abordagens jornalísticas: construir e manter mitos por meio da evidência que dá a personalidades proeminentes, em sociedade. 


Palavras-chave


jornalismo literário; mito; Papa Francisco

Texto Completo:

PDF

Referências


Barthes, R. (2003). Mitologias. Rio de Janeiro: Difel. Barthes, R. (1977). Mudar o próprio objeto. In C. A. R. do Nascimento (trad.), Atualidade do mito. São Paulo: Duas Cidades. Bricout, B. (2003). O olhar de Orfeu: os mitos literários do Ocidente. São Paulo: Companhia das Letras.

Lucas, F. (1985). O caráter social da ficção do Brasil. São Paulo: Ática.

Martinez, M. (2008). Jornada do Herói: a estrutura narrativa mítica na construção de história de vida em jornalismo. São Paulo: Annablume.

Pena, F. (2013). Jornalismo Literário. 2 ed. São Paulo: Contexto.

Rolling Stone EUA. (s.d.). A revolução delicada do Papa Francisco. Disponível em: http://rollings tone.uol.com.br/noticia/revolucao-delicada-do-papa-francisco-o-pontifice-e-capa-da-irolling -stone-euai/. Acesso em 4 set. 2016.

Romanini, V. (2004). Mitos: por que precisamos deles?. Terra. 144 ed.. Peixes. Abr.

Santos, R. M. dos (s.d.). O labor da pena: história e literatura no jornalismo latino-americano. Disponível em: http://anphlac.fflch.usp.br/sites/anphlac.fflch.usp.br/files/regma_santos.pdf. Acesso em 10 set. 2016.


Apontadores

  • Não há apontadores.


Licença URL: https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/deed.pt_PT