Saudações aos cubanos: a mise-en-film das fotografias de Agnès Varda

Francieli Rebelatto

Resumo


Este ensaio se propõe a uma leitura do filme Salut les Cubains (1963) da cine-fotógrafa Agnès Varda que esteve em Cuba no ano de 1962 registrando o cotidiano do(a)s cubano(a)s pós-revolução, realizando assim, um retrato sensível na perspectiva estética e política. Tratamos de pensar como as imagens fixas, na proposta de montagem de Varda, nos possibilitam entender a transterritorialidade entre fotografia e cinema.

Palavras-chave


Revolução cubana, Cuba, Agnès Varda, cinema e fotografia

Texto Completo:

PDF

Referências


Aguiar, C. (2013). Chris Marker e a América Latina: cinema militante e circulação de ideias políticas. Cinemàs de Amèrique Latine, (21). Disponível em: https://journals.openedition.org/cinelatino/77#ftn1. Acessado em 10/02/2019.

Baecque, A. & Delage, C. (dir.) (1998). De l’histoire au cinema. Bruxelles: Éditions Complexe.

Benjamin,W. (1994). Pequena história da fotografia (1931) e A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica (1935). In Obras Escolhidas: Magia e Técnica, Arte e Política. São Paulo: Brasilense.

Cardoso Vale, G. (2016). A mise-em-film da fotografia no documentário brasileiro. Belo Horizonte: Filme de Quintal e Relicário Edições.

Dubois, P. (1994). O ato fotográfico (trad. M. Appenzeller). Campinas: Papirus.

Dubois, P. (2012). A imagem-memória ou a mise-in-film da fotografia no cinema autobiográfico moderno. Revista Laika, 1(1), julho. ECA-USP. Disponível em: www2.eca.usp.br/publicacoes/laika/wp-content/uploads/201

/06/A-IMAGEM-MEMORIA31.pdf. Acessado em 08/06/2019.

Lins, C. & Cursino, A. (2010). O tempo do olhar: arquivo em documentários de observação e autobiográficos. Conexão – Comunicação e Cultura, UCS, 9(17), jan/jun. Caixas do Sul.

Lissovsky, M. (2012). O Elo perdido da Fotografia. Revista Laika, 1(1), julho. ECA-USP. Disponível em: www2.eca.usp.br/publicacoes/laika/wp-conte

nt/uploads/2012/06/O-ELO-PERDIDO-DA-FOTOGRAFIA1.pdf. Acessado em 08/0/2019.

Montejo Navas, A. (2017). Fotografia e poesia (afinidades eletivas). São Paulo: Ubu Editora.

Negreiros, T. (2016). Ulisses (1982) e a fotografia no cinema de Agnès Varda.

Revista de la Asociacion Argentina de Estudios de Cine y Audiovisusal/Imagofagia, (14). Disponível em http://asaeca.org/imagofagia/index.php/imagofagia/article/view/1213/1025. Acessado em 10/02/2019.

Sontag, S. (2004). Sobre fotografia (trad. R. Figueiredo). São Paulo: Companhia das Letras.

Filmografia

Agnès Varda par Agnès Varda (2019), de Agnès Varda.

Cabra Marcado para morrer (1984), de Eduardo Coutinho.

Cuba Sí (1961), de Chris Marker.

Les plages d’Agnès (2008), de Agnès Varda.

L’une chante l’autre pas (1977), de Agnès Varda.

Moscou (2009), de Eduardo Coutinho.

Salut, les Cubains! (1963), de Agnès Varda.

Sans Toi Ni Loi (1985), de Agnès Varda.

Si j’avais quatre dromadaires (1966), de Chris Marker.

Ydessa, les ours et e etc (2004), de Agnès Varda.

Ulysse (1982), de Agnès Varda.

Une minute pour une image (1983), de Agnès Varda.


Apontadores

  • Não há apontadores.



Este trabalho está licenciado com uma Licença  Licença Creative Commons
 

 
Sites de interesse | Sitios de interés | Sites d'intérêt | Sites of interest: