Cinema entre mulheres:

um projeto inacabado de Norma Bengell

Autores

  • Patrícia Machado PUC-Rio
  • Thais Blank Fundação Getúlio Vargas

Resumo

O artigo examina a transição da atriz Norma Bengell para diretora e seu projeto de filmar vidas de mulheres revolucionárias e atrizes brasileiras. A pesquisa mergulha no acervo privado de Bengell, revelando filmes não concluídos e explorando as motivações, o contexto político e histórico de sua mudança de carreira. O artigo destaca a contribuição de Bengell ao cinema documentário brasileiro e ao debate feminista, em especial, seu envolvimento com movimentos feministas internacionais. Nesse percurso, nos detemos na análise de seu primeiro documentário, Maria Gladys: uma atriz brasileira, refletindo sobre a relação entre Norma e Gladys e a realização de um cinema feito entre mulheres.

Biografia Autor

Thais Blank, Fundação Getúlio Vargas

Escola de Ciências Sociais FGV CPDOC, Rio de Janeiro, Brasil. Pesquisadora FAPERJ e CNPq.

Publicado

2024-03-27