“Trilogia do Palco”: autorrepresentação, jogo e mise-em-scène no cinema de Eduardo Coutinho

Luíza Granato

Resumo


Esta pesquisa se debruça sobre as diferentes formas de atuação presentes
no Cinema Documentário, tendo como objeto a obra de Eduardo Coutinho,
em particular os filmes Jogo de Cena (2007), Moscou (2009) e As Canções
(2011).


Palavras-chave


auto-mise-en-scène; representação do eu na vida cotidiana; estudos atorais; atuação no documentário; Eduardo Coutinho

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


 

Este trabalho está licenciado com uma Licença  Licença Creative Commons
 
 
 

 
Sites de interesse | Sitios de interés | Sites d'intérêt | Sites of interest: