Revisitar para Revirar: três atos de recriação transgressora em Histórias que nosso cinema (não) contava, de Fernanda Pessoa

Ciro Lubliner

Resumo


Este artigo busca analisar o filme Histórias que nosso cinema (não) contava
(2017), de Fernanda Pessoa, a partir de uma crítica dividida em três atos. Na esteira do desenvolvimento desses atos, arriscaremos situar Histórias... como um vetor de força expurgadora de repetições de ordem transgressora, provocador de um “cinema de profanação”, para além do termo geral “cinema de apropriação”.


Palavras-chave


cinema documentário; cinema brasileiro contemporâneo; cinema de apropriação; Pornochanchada; profanação

Texto Completo:

PDF

Referências


Agamben, G. (2007). Profanações. São Paulo: Boitempo.

Avellar, J. (2005). A teoria da relatividade. In A. Novaes (org.), Anos 70: ainda sob a tempestade (pp. 337-373). Rio de Janeiro: Editora SENAC.

Baron, J. (2014). The Archive Effect – found footage and the audiovisual experience of history. Nova Iorque: Routledge.

Blanchot, M. (2007). A Conversa Infinita 2: a experiência limite. São Paulo: Escuta.

Brenez, N. & Chodorov, P. (2014). Cartografia do Found Footage. Revista Laika, 3(5): 1-11. São Paulo.

Cantieri, F. (2017). “Em teu seio, ó liberdade”. Cinética – Cinema e crítica. Disponível em: http://revistacinetica.com.br/nova/em-teu-seio-o-liberdade/.

Châtelet, C. (2013). Le cinéma transcodé: petite typologie des pratiques d’appropriation. Lignes de Fuites. Disponível em: www.lignes-de-fuite.net/IMG/_article_PDF/article_195.pdf.

Deleuze, G. (2006). Diferença e Repetição. Rio de Janeiro: Graal.

Deleuze, G. (1974). Lógica do Sentido. São Paulo: Perspectiva.

Fernandes, M. (2013). Found footage em tempo de remix: cinema de apropriação e montagem como metacrítica cultural e sua ocorrência no Brasil. Dissertação de Mestrado em Meios e Processos Audiovisuais, Universidade de São Paulo.

Filmografia

História(s) do cinema (1989-1999), de Jean-Luc Godard.

Histórias que nosso cinema (não) contava (2017), de Fernanda Pessoa.


Apontadores

  • Não há apontadores.


 
Este trabalho está licenciado com uma Licença  Licença Creative Commons
 

 
Sites de interesse | Sitios de interés | Sites d'intérêt | Sites of interest: