A representação da mulher em Iracema – uma transa amazônica

Lívia Perez de Paula

Resumo


Este estudo apresenta o resultado de pesquisas em fontes primárias sobre os desafios de produção, desde a concepção, produção até o lançamento e distribuição do filme Iracema – Uma Transa Amazônica, dirigido por Jorge Bodansky e Orlando Senna (1974). Além de abordar aspectos práticos da realização fílmica como equipamento e dispositivo de filmagem, o estudo busca compreender a recepção da obra destacando, numa perspectiva feminina, a questão da representação da mulher, tema que é tão fundamental na narrativa do filme, mas que parece ter permanecido adjacente à questão ambiental tão festejada pela crítica. 


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.