Os efeitos de sentido do som no cinema documental e o contrato de veridicção

Alexandre Provin Sbabo

Resumo


Por diversas vezes, o cinema documental foi visto como um cinema que, para ter credibilidade e veracidade, enfatizava o conteúdo em detrimento da expressão, focando o fato histórico e sua narrativa. O presente artigo procura explorar a problemática do uso do som diegético e não diegético no cinema documental, a partir dos pressupostos da teoria do audiovisual em diálogo com a teoria semiótica francesa de Greimas.

Palavras-chave: documentário; diegético; semiótica; som; contrato de veridicção. 


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


 
Este trabalho está licenciado com uma Licença  Licença Creative Commons
 

 
Sites de interesse | Sitios de interés | Sites d'intérêt | Sites of interest: