O corpo em movimento e o processo criativo no filme-diário Nowhere: entrevista com Thaís de Almeida Prado e Flávia Couto

Lígia Maciel Ferraz, Mariana Rezende Pinto

Resumo


A entrevista com Thaís de Almeida Prado e Flávia Couto aborda o processo criativo e o trabalho colaborativo do filme-diário Nowhere (2020), em que ambas são realizadoras e montadoras. O filme explora a perspetiva de oito artistas mulheres, situadas em diferentes partes do mundo, sobre identidade e sobre ser artista no estrangeiro a partir de uma montagem que valoriza o corpo em movimento e a construção imagética de si.

Palavras-chave


filme-diário; filme-ensaio; cinema brasileiro; processo criativo; identidade

Texto Completo:

PDF

Referências


Referência Bibliográfica

Prado, T. A. (2015). Quando o Processo Colaborativo Transborda na Estética Cinematográfica. Moldova: Novas Edições Acadêmicas.

Filmografia

Nowhere (2020), de Thaís de Almeida Prado e Flávia Couto.


Apontadores

  • Não há apontadores.


 
Sites de interesse | Sitios de interés | Sites d'intérêt | Sites of interest: