Chamada de artigos

Revolução Cubana e documentário – 60 anos

 

Editores convidados:

Ignacio Del Valle Dávila
Universidade Federal da Integração Latino-americana

Mariana Villaça
Universidade Federal de São Paulo

 

 

Em 2019 a Revolução Cubana completa 60 anos, bem como o Instituto Cubano del Arte e Indústria Cinematográficos (ICAIC), o primeiro organismo cultural criado pelo novo governo, que elegeu o cinema documental como uma de suas prioridades no campo da política cultural. Desde então um sem número de documentários foram produzidos sobre Cuba, dentro da Ilha ou fora dela, sobre os mais diversos temas políticos, sociais e culturais. Esse vasto acervo se ramifica em edições do famoso cinejornal Noticiero ICAIC Latinoamericano (1960-1990), dirigido por Santiago Álvarez; curtas didáticos destinados à formação da cidadania por meio do cinema; material “instrucional” militar; reportagens especiais sobre guerras; longas entrevistas; ensaios poéticos de Sarita Gómez e Nicolás Guillén Landrián; registros de discursos e cerimônias oficiais; além de olhares estrangeiros sobre Cuba – de Agnès Varda, Chris Marker, Joris Ivens, Roman Karmen, entre outros. Tão variados quanto os suportes, formatos e estéticas empregados também são os tons e percepções que revestem essas produções, algumas de caráter celebrativo, propagandístico, passional; outras irônicas, indignadas, ambíguas.


A edição especial da DOC On-line intitulada “Revolução Cubana e documentário – 60 anos” tem o objetivo de reunir trabalhos voltados à analise da produção documental dedicada à Cuba pós-1959, em toda sua pluralidade, mas focando principalmente três eixos: 1. A articulação entre experimentação estética e a veiculação de discursos políticos revolucionários. 2. As diferentes fases da política cultural cubana orientada à produção documental. 3. Os olhares resultantes das circulações transnacionais, intercâmbios, transferências culturais e percepções de Cuba presentes em obras documentais ou nas trajetórias de realizadores.  

A edição “Revolução Cubana e documentário – 60 anos” terá as seguintes secções:

  1. Artigos em dossier temático (nº máximo de 45.000 caracteres)
  2. Análise e crítica de filmes (nº máximo de 20.000 caracteres)
  3. Entrevista (nº máximo de 45.000 caracteres)
  4. Traduções (a cargo dos editores)
  5. Leituras (recensão crítica de livros) (nº máximo de 20.000 caracteres)

 

Prazo: Encerrado.

Notificação de aceitação: 15 de junho de 2019.

Contacto dos Editores convidados da DOC On-line:

Ignacio Del Valle Dávila, Mariana Villaça: especial.rev.cubana@gmail.com

 

A edição especial da DOC On-line intitulada “Revolução Cubana e documentário – 60 anos” será lançada em outubro de 2019.
 
Publicado: 2018-09-15
 
1 a 1 de 1 Itens