Políticas Editoriais

Âmbito

Eikon é uma revista Open Acces semestral sobre Semiótica e Cultura Visual que publica artigos em fluxo contínuo, e que admite chamadas de trabalhos temáticas e gerais. A chamada para revisores encontra-se a funcionar em permanência.

Aberta a um amplo escopo de abordagens teóricas e metodológicas, Eikon acolhe trabalhos de investigação originais na área da Semiótica, entendida como o estudo sistemático de significantes, significados, e seus efeitos. Este estudo pode tomar muitas formas: dos processos de construção do significado ao nível do sujeito, aos objetos do mundo externo, passando pela relação intersubjetiva com os outros. No primeiro caso cruza-se com a lógica e a teoria do conhecimento. No segundo, ocupando-se de fisicalidades, objetos sensíveis, toca tanto a análise do discurso, como da imagem, nas diversas linguagens que a compõem: literatura, narrativas, mensagens mediáticas e seu enquadramento, fotografia, cinema, publicidade, arte, e modalidades de expressão emergentes nestas e noutras linguagens. À semiótica no palco da intersubjetividade interessa a produção de sentido na sua dimensão pragmática, cruzando-se então o seu caminho com a retórica e a ética do discurso, a propaganda e a comunicação política.

Eikon interpreta o devir da cultura ocidental globalizada como a progressiva passagem de um universo logocêntrico – centrado no uso racional da palavra tal como emergiu na Grécia nos sécs VI e V a.C – para uma cultura crescentemente visual e centrada no uso da imagem, tão bem expressa hoje na pluralidade e omnipresença dos écrans. Essa passagem de um mundo logocêntrico ao universo do visual representa também  um movimento do logos em direção ao pathos, do discurso em direção à acção e ao impulso, e tende hoje a ser percepcionada como um corte, uma verdadeira ruptura epistemológica que assinalaria a transição entre paradigmas, ao invés de se acentuarem as continuidades e dependências da coexistência entre os dois regimes, ligação intimíssima de que o funcionamento de ambos depende.

Eikon ocupa-se da semiótica e dos seus objetos, partindo da mais básica interrogação sobre o significado: “Que quer dizer tudo isto”? Ou seja, interessa-se pelo “como” e “porque” significam as coisas; e “que significam certas coisas”, que dizem elas de quem as usou para significar? São questões velhas, e novas, que se transformam e evoluem à medida que novos e diferentes meios são colocados à disposição do homem para significar.

Todo o conteúdo da Eikon está disponível livremente, sem custos para o utilizador ou a sua instituição. Os utilizadores são autorizados a ler, copiar, distribuir, imprimir, pesquisar, ou linkar para os textos completos dos artigos da revista sem necessidade de permissão prévia do editor ou autor.
Eikon, uma revista do Labcom.IFP, está licenciada sob Creative Commons Atribuição 3.0.

Ao submeter um trabalho para a Eikon, está a confirmar que é o autor e proprietário da obra, que o conteúdo é original e inédito, e que concorda com os termos de licenciamento.

Eikon publica unicamente conteúdo original, e os autores são responsáveis por verificar a inexistência de plágio, incluindo a auto-plágio e publicação anterior.

Ao submeter um trabalho, os autores também concordam seguir os padrões de comportamento ético do COPE - Comitê de Ética da Publicação - Guia de Boas Práticas, e as orientações padrão internacional para autores.

Eikon é uma revista de acesso aberto sem custo para os autores e não cobra taxas de processamento de artigos (APC's Article Processing Charges) nem taxas de submissão (Submission Charges).

 

Políticas de Secção

Artigos

Seleccionado Submissões Abertas Seleccionado Indexado Seleccionado Revisto pelos Pares
 

Processo de Revisão por Pares

As submissões são apreciadas pelo editor para garantir padrões académicos e profissionais mínimos. Após esta pré-seleção, os artigos são atribuídos a dois revisores de diferentes afiliações institucionais.

Critérios para o recrutamento de revisores: especialistas académicos ou profissionais de uma ampla gama de áreas no campo da Semiótica e Cultura Visual, um dos quais sendo falante nativo do idioma do texto em revisão, que aceitam a política da Eikon de revisão de pares

Critérios de revisão: processo de revisão por pares duplamente cego (onde os revisores e os autores permanecem anónimos durante o processo de revisão); Revisão atempada de acordo com as instruções das Diretrizes de Revisão.

 

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.