Desinformação nas redes sociais digitais em tempo de pandemia de COVID-19

Anelisa Maradei, Edna Fátima Pereira da Silva

Resumo


A pandemia do vírus Covid-19 abalou o mundo no ano de 2020. Este artigo se propõe a analisar como a combinação de desinformação, associada a fatores diversos, como interesses controversos entre a ciência, economia e a política, além de questões conjunturais, como a crise de confiança no Jornalismo e a precarização da atividade profissional, podem tensionar ainda mais o enfrentamento de um grave problema de saúde pública. Para realizar nossa pesquisa, utilizamos de uma análise comparativa sobre informações que foram checadas por duas agências de fact-checking da América do Sul: Comprova, do Brasil, e ColombiaCheck, da Colombia, sobre a recomendação e o uso de dois medicamentos no combate ao coronavírus: a cloroquina e a hidroxicloroquina. No total, foram analisadas 12 matérias, no período de março a junho, além de termos realizado articulações a partir de revisão bibliográfica sobre os temas: propagação de fake news, pós-verdade, fact-checking. Percebe-se que a prática de checagem por agências têm se tornado relevante no combate ao fenômeno da propagação de desinformação, mas ainda muito distante de conter esse cenário.


Palavras-chave


fack-checking; fake News; desinformação; pós-verdade; Covid-19

Texto Completo:

PDF

Referências


(2018). Journalism, ‘Fake News’ & Disinformation. UNESCO. https://en.unesco.org/node/295873.

(2020, janeiro 22). Colômbia anuncia suspeita de primeiro caso de Coronavírus no país. UOL. https://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/2020/01/2

/colombia-anuncia-suspeita-de-primeiro-caso-de-coronavirus-no-pais.htm.

(2020, fevereiro 29). As 15 fake news mais compartilhadas sobre coronavírus. O Globo. https://oglobo.globo.com/sociedade/as-15-fake-news-mais-compartilhadas-sobre-coronavirus-1-24278939.

(2020, abril 15). Pesquisa revela dados sobre ’fake news’ relacionadas à Covid-19. Fiocruz. https://portal.fiocruz.br/noticia/pesquisa-revela-dados-sobre-fakenews-relacionadas-covid-19.

(2020, junho 9). Atila Iamarino: Para reabrir é preciso transparência nos dados da covid-19. Exame. https://exame.com/ciencia/atila-iamarino-para-reabrir-epreciso-transparencia-nos-dados-da-covid-19/.

(2020, junho 17). Coronavírus: as razões da OMS para suspender novamente testes com hidroxicloroquina. UOL. https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/bbc/2020/06/17/coronavirus-oms-volta-a-suspender-testes-com-hidroxicloroquina.htm.

(2020, junho 19). Coronavirus disease (Covid-19): Hydroxychloroquine. World Health Organization. www.who.int/news-room/q-a-detail/q-a-hydroxychloroquine-and-covid-19.

Andrade, F. (2020, maio 15). Teich deixa o Ministério da Saúde antes de completar um mês no cargo e após divergir de Bolsonaro. G1. https://g1.globo.com/politica/noticia/2020/05/15/teich-deixa-o-ministerio-da-saude-antes-de-completar-um-mes-no-cargo.ghtml.

Camporez, P. (2020, julho 11). Quem são os empresários que ganham com a cloroquina no Brasil. UOL. https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agenciaestado/

/07/11/quem-sao-os-empresarios-que-ganham-com-a-cloroquina-no-brasil.htm?utm_source=facebook&utm_medium=social-media&utm_campaign=noticias&utm_content=geral.

Castells, M. (2000). Sociedade em Rede (8ª ed.). Paz e Terra.

Castilho, C. (2016, setembro 28). Apertem os cintos: estamos entrando na era da pós-verdade. Observatório da Imprensa. https://goo.gl/8sZdzP.

D’Ancona, M. (2018). Pós-verdade: a nova guerra contra os fatos em tempos de fake News (1ª ed.). Faro Editorial.

Dantas da Silva, M. et. al. (2019). Representação da informação noticiosa pelas agências de fact-checking: do acesso à informação ao excesso de informação. RBBD. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, 15(2), 410-426. https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/1225/1142.

Flamini, D. (2019, junho 12). The new fact-checkers on the block at Global Fact 6. Poynter. www.poynter.org/fact-checking/2019/the-new-fact-checkers-on-the-block-at-global-fact-6/.

Manjoo, F. (2008). True Enough: Learning to live in a post-fat society. John Wiley & Sons.

Newman, N., Fletcher, R., Schulz, A., Andi, S., & Nielsen, R. (2020). Digital News Report 2020. Reuters. www.digitalnewsreport.org/.

Palacios, M. (2018.) Fake News e a emergência das Agências de Checagem: Terceirização da Credibilidade Jornalística?. In M. Martins & I. Macedo (Eds.), Políticas da Língua, da Comunicação e da Cultura no Espaço Lusófono (pp. 77-90). Universidade do Minho.

Pérez, C. (2019). No diga fake news, di desinformación: una revisión sobre el fenómeno de las noticias falsas y sus implicaciones. Dialnet, (40), 65-74.

Ramonet, I. (2012). A explosão do jornalismo: das mídias de massa à massa de mídia. Publisher Brasil.

Ramonet, I., Moraes, D., & Serrano, P. (2013). Mídia, poder e contrapoder: da concentração monopólica à democratização da informação. Boitempo.

(s.d.). Colombiacheck. https://colombiacheck.com/.

(s.d.). Folha informativa – COVID-19. OPAS. www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=6101:covid19&Itemid=875.

Silverstone, R. (2002). Por que estudar a mídia?. Edições Loyola.

Shalders, A. (2020, abril 16). Mandetta é demitido do Ministério da Saúde após um mês de conflito com Bolsonaro: relembre os principais choques. BBC. www.bbc.com/portuguese/internacional-52316728.

Spinelli, E., & Santos, J. (2018). Jornalismo na era da pós-verdade: fact-checking como ferramenta de combate às fake news. Revista Observatório, 4(3), 759-782. https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/4629.

Tardáguila, C., Stencel, M., & Luther, J. (2019, outubro 21). There are 210 activefact-checkers in 68 countries, says the Duke Reporters’ Lab. Poynter. www.poyn ter.org/fact-checking/2019/there-are-210-active-fact-checkers-in-68-countries

-says-the-duke-eporters-lab/.


Apontadores

  • Não há apontadores.


Licença URL: https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/deed.pt_PT