Cobertura das violações dos menores em Moçambique: o caso da Televisão de Moçambique – Empresa Pública (TVM-EP) (2007-2017)

Luca Bussotti

Resumo


Este estudo tenciona analisar o tipo de cobertura e a linha editorial da emissora televisiva pública Televisão de Moçambique (TVM-EP) a respeito das violações contra menores, tendo como amostra os telejornais de dois anos, 2007 e 2017. Através de uma metodologia qualitativa que assenta na análise do discurso e em entrevistas semiestruturadas junto a informantes-chave, o artigo faz a análise de 55 peças divulgadas no Telejornal da TVM inerentes à matéria abordada. Resultou que a TVM apresenta um interesse crescente para com tais assuntos em termos quantitativos, porém a questão dos direitos humanos continua sendo coberta de forma superficial, episódica e relacionada em larga medida a eventos mais do que a uma autónoma linha editorial. Verificou-se igualmente a fraca participação das crianças nas matérias que lhes dizem respeito, com forte prevalência do uso de fontes estatais, portanto oficiais, raramente cruzadas com outras. A TVM preservadas parcialmente a identidade das crianças entrevistadas nas várias reportagens, apontando por uma prática deontológica ainda não madura para cobrir assuntos tão sensíveis.


Texto Completo:

PDF

Referências


ACERWC (2016). Continental Study on the Impact of Conflictand Crises on Children in Africa. Addis Ababa: ACERWC. Disponível em: https://www.acerwc.africa/wp-content/uploads/2018/07/Study_on_the_impact_of_armed_conflict_and_crises_on_children_in_Africa_ACERWC_FINAL_ENGLISH.pdf

Arnfred, S. (2015). Notas sobre gênero e modernização em Moçambique. Cadenos Pagu: 181-224. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cpa/n45/0104-8333-cpa-45-00181.pdf

Better Care Network (2017). Violence Against Children and Care in Africa. A Discussion Paper. New York

Bussotti, L. (Coord.) (2018). Os Direitos Humanos e a Imprensa nos PALOP: Uma análise comparativa à cobertura da Imprensa sobre os direitos humanos. Coimbra: Minerva

Bussotti, L. & Tsope, C. (2019). A abordagem dos direitos humanos na comunicação social em Moçambique: O caso da Rádio Moçambique - E.P. 2015. In: Maia, J. (Coord.). Estudos em Jornalismo Contemporâneo. Vol. VII. Goiânia: Universidade Federal de Goiás

Carvalho, G. (2013). Diretrizes para a Análise de discurso em Jornalismo. Revista Uninter de Comunicação, ano 1, n. 1. Disponível em: www.uninter.com › index.php › article › view

Chichava, S. & Pohlmann, J. (2010). Uma breve análise da imprensa moçambicana. In: Brito, L. de, Castel-Branco, C.N., Chichava, F. & Francisco, A. (Eds.). Desafios para Moçambique 2010. Maputo: IESE

Cruz, C (2014). A decisão editorial em televisão: O caso do telejornal da RTP. Lisboa: Universidade Aberta de Lisboa

Downman, S. & Ubayasiri, K. (2017). Human Rights as a new Value. In: Downman, S. & Ubayasiri, K. (Eds.). Journalism for Social Change in Asia. London: Palgrave Macmillan

Fauvet, P. & Mosse, M. (2003). É proibido pôr algemas nas palavras. Maputo: Ndjira

Hammarberg, T. (1999). Crianças e influências nocivas da mídia. O significado da Convenção da ONU. In: Carlsson, U. & Von Feilitzen, C (Orgs.). A criança e a violência na mídia. Brasília: UNESCO

Hills, S., Mercy, J., Amobi, A., Kress, H. (2016). Global Prevalence of past-year violence against children: A systematic review and minimum estimates. Pediatrics, 137(3)

Hohlfeldt, A.& Santos, J. (2009). Síntese histórica da imprensa moçambicana: Tentativa de interpretação. Curitiba. 2009. Disponível em: www.intercom.org.br/papers/nacionais/2009/resumos/R4-0282-2.pdf.

HRW (Human Rights Watch) (2018). Relatório sobre Moçambique 2018. Disponível em: https://www.hrw.org/pt/world-report/2019/country-chapters/326532

International Council on Human Rights Policy (ICHRP) (2002). Journalism, Media, and the Challenge of Human Rights Reporting. Geneva: ICHRP

Kearney, J. (2017). The Representation of Children in Contemporary African Fictions. South Africa: UNISA

Lage, N. (2016). Teoria e Técnica do Texto Jornalístico. São Paulo: Elsevier Editora

Martinez Lerma, F. (2008). O povo macua e a sua cultura. Maputo: Paulinas (2ª ed.)

Matias, L. (2018). Moçambique: Negligência é uma das causas do aumento da violação sexual de crianças. DW Moçambique. Disponível em: https://www.dw.com/pt-002/mo%C3%A7ambique-neglig%C3%AAncia-%C3%A9-uma-das-causas-do-aumento-da-viola%C3%A7%C3%A3o-sexual-de-crian%C3%A7as/a-46492470

Miguel, J. & Brittos, V.C. (2004). Comunicação e mercado: a lógica televisiva moçambicana. Revista de Economia Política de las Tecnologias de la Información y Comunicación, Vol. VI, n. 3

Monjane, B., Banze, C. C., & SOUZA, A. (2008). Violência, exploração e abuso sexual de crianças: Análise da cobertura jornalística e recomendações para os media. MISA. Maputo: UNICEF Mozambique.

Montgomery, M. (2007). The Discourse of Broadcast News. New York: Routledge

Muatiacale, L.A.A.S. (2007). O discurso dos telegiornais da rede pública e privada de Moçambique: Jornal Nacional e Jornal da Noite. Rev. Estud. Comun., Vol. 8, n. 17, p. 219-228

Muatiacale, L.A.A.S. (2015). Televisão e política: análise das estratégias discursiva da propaganda eleitoral em Moçambique. Coimbra: Minerva

Nhaueleque, L.A. (2012). Elemernti della religione tradizionale Makhwua. Il caso di Nampula. In: Bussotti, L., Gatti, M. & Nhaueleque, L.A. La religione nel Mozambico contemporaneo. Como-Pavia: IBIS, pp. 43-84

Nhaueleque, L.A. (2019). Direitos humanos em Moçambique: Estado e sistema de policiamento. Tese de Doutoramento em Relações Interculturais. Lisboa: Universidade Aberta

Olow, D. (2002). Protecting children’s rights in Africa: A critique of the African Charter on the Rights and Welfare of the Child. The International Journal of Children’s Rights, 10(2), p. 127-136. DOI: 10.1163/157181802401005403

Osório, C. & Silva, T. (2008). Buscando sentidos. Género e sexualidade entre jovens estudantes do ensino secundário, Moçambique. Maputo: WLSA Moçambique

Owusu-Addo, E. et alii (2018). Ghanaian media coverage of violence against women and girls: implications for health promotion. BMC Women's Health 18, 129. DOI: https://doi.org/10.1186/s12905-018-0621-1

RECAC, & UNICEF (2016). A criança na Imprensa. Maputo.

Rembe, S. (2014). Violation of Children's Rights by Traditional and Cultural Practices and the Responses by States in Eastern and Southern Africa. Journal of Psychology in Africa, Vol. 9, Issue 1, pp. 63-69

Rikhotso, M., Namunba, L., Morwe, K. & Dibetso, L. (2013). Promoting Children’s Rights: Coverage of Children in South African and Zambian Media. Jhannesburg: Media Monitoring Africa. Disponível em: https://www.mediamonitoringafrica.org/images/uploads/Coverage_of_Childrens_Rights_in_Media.pdf

Roseiro, A.H.R. (2013). Símbolos e práticas culturais dos Makondes. Tese de Doutoramento em Antropologia Social e Cultural. Coimbra: Universidade de Coimbra. Disponível em: https://macua.blogs.com/files/s%C3%ADmbolos-e-pr%C3%A1ticas-culturais-dos-makonde2013.pdf

Saint-Jacques et alii (2011). The role of media in reporting child abuse. Journal of Social Service Research 38(3). DOI: 10.1080/01488376.2011.627232

Salamon, A., & Moreira, D. (2014). Infância na Mídia: Ato infracional e violência na pauta dos jornais paranaenses. Curitiba: Ciranda

Shaw, I.S. (2011). Human Rights Journalism. London: Palgrave Macmillan

Silva, L. (2002). Violência Doméstica Contra Crianças e Adolescentes. Recife: EDUPE

UNICEF (2015). Casamento prematuro e gravidez na adolescência em Moçambique. Maputo: UNICEF. Disponível em: https://www.unicef.org

World Health Organization (2002). World Report on Violence and Health. Geneve


Apontadores

  • Não há apontadores.


Licença URL: https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/deed.pt_PT